25 ANOS DE SUCESSO, O ROTEIRO DA CIDADE!

Colunistas

Coluna: Saúde dos olhos

26/05/2017
Herpes nos olhos: é possível?

As infecções por herpes são muito comuns em toda população. A maioria dos casos acontece na pele, na boca ou em regiões genitais, mas esse vírus também pode atacar os olhos.
Mesmo indivíduos jovens e sadios podem ser acometidos pelo herpes nos olhos. A infecção costuma atacar as córneas com mais frequência, ocasionando ulcerações dolorosas, vermelhidão, sensibilidade à luz e turvação visual. O herpes também atinge as partes mais internas dos olhos e a pele ao redor deles.
O diagnóstico é realizado no consultório por visualização de uma imagem típica como uma lesão ramificada na córnea ou uma opacidade em alguns casos. O tratamento não remete à cura, assim como nos casos de herpes na pele. São usados antivirais, em comprimidos ou pomadas, e o controle do caso é feito periodicamente. Recidivas podem ser frequentes e consequências como inflamações intraoculares, catarata e glaucoma é possível advirem dessas infecções.
Se tratado a tempo e com bom acompanhamento, o herpes ocular pode ser muito bem controlado. Converse com seu oftalmologista sobre o caso para definir qual o melhor tratamento e acompanhamento.

Informe Publicitário
Leia também:
Leia também:
Leia também: