25 ANOS DE SUCESSO, O ROTEIRO DA CIDADE!

Colunistas

Coluna: Arquitetura

21/08/2015
Economia e automação residencial andam juntas

Olá queridos leitores, meu nome é Valéria Zamboni, sou arquiteta especialista e mestre em projeto arquitetônico e estarei com vocês nas próximas edições. Hoje vamos conversar um pouco sobre automação residencial ou domótica. Lembra quando comprávamos um carro e ele vinha básico? A direção hidráulica e ar condicionado eram considerados artigos de luxo! Com os avanços tecnológicos são muitos acessórios disponíveis no mercado atual e nós sempre queremos mais.
Assim como os carros evoluíram, as casas também... A moderna “casa inteligente” nos auxilia na economia de água e luz, apresenta mais segurança, praticidade na limpeza, entre outros fatores. Os sistemas de aspiração central, por exemplo, facilitam e diminuem o custo na hora de manter a casa limpa e higienizada. É possível, através de um celular, saber quem tocou sua campainha e por meio de uma câmera pode-se autorizar a entrada da visita para aguarda-lo enquanto você não chega a casa.
Outro sistema interessante é a dimerização de lojas, padarias e mercados. Um corredor onde existe menos fluxo de pessoas pode ser dimerizado, assim quando não houver ninguém a luz fica fraca e quando alguém chega o sensor de presença avisa o dimer, que aumenta a potência da luz. Economia e automatização andam juntas!
Mas você deve estar perguntando: Valéria, automatização não é algo muito caro? Depende, já é possível ter alguns acessórios muito bacanas por um custo bem acessível. Recentemente estive na Expo Predialtec, São Paulo, e o assunto mais abordado pelas grandes empresas foi a importância de ampliar o público. Em outras palavras, o foco será o aumento da automatização de casas e empresas de pequeno e médio padrão. E você, já pensou em ter uma casa inteligente?
Leia também:
Leia também:
Leia também: