25 ANOS DE SUCESSO, O ROTEIRO DA CIDADE!

Colunistas

Coluna: Fitness

26/06/2015
Genética ruim para hipertrofia? Não desista!

 Olá queridos leitores, espero que estejam todos bem!
 
Genética ruim para hipertrofia? Não desista!
 
Nunca achamos que temos a melhor genética, se existe alguma dificuldade em construir um físico, ou melhorar um determinado grupo muscular logo atribuímos a uma má genética. Será mesmo?
Antes de culpar a genética, faça algumas perguntas:
*Será que sua genética para peitorais é ruim ou você ainda não adquiriu consciência corporal para estimular essa musculatura? 
*Você está treinando mesmo como deve ser?
* Sua dieta está nas quantidades ideais?  Alimenta-se com frequência durante o dia?
Musculação é um esporte que leva tempo, logo a paciência é uma das chaves. É um grande processo de aprendizado aprimoramento e desenvolvimento, dia após dia durante um longo período de tempo. É assim meus amigos... Um círculo que não para, você faz as mesmas coisas todos os dias. 
Não importa o quão ruim seja a sua carcaça, ainda é possível dar um jeito e conseguir bons resultados. 
Existem diversos exemplos de transformações de indivíduos bastante magros, que se tornaram grandes fisiculturistas, ou obesas que se tornaram atletas com corpos esculturais e belos rostos desinchados. Eles não desistiram!
Se você acha que realmente não possui uma genética privilegiada, atente para estes detalhes:
Pessoas com genética ruim para emagrecer precisam cuidar ainda mais da dieta, principalmente no que diz respeito a consumir alimentos industrializados, fastfood, refrigerantes, açúcares, gordura trans.
Você precisa dormir cerca de 8 horas por dia para recuperar músculos, articulações, tendões e liberar hormônios anabólicos, não culpe a genética por suas noites mal dormidas ou perdidas em farra.
Faça um check up geral. Procure um bom médico e peça exames para checar seus hormônios, saúde das tireoides, glicose em jejum, hemograma, tudo… Muitas vezes, você pode simplesmente estar com um problema de saúde que está escondendo o seu potencial para ganhar massa muscular e poderia reverter a situação rapidamente com o tratamento adequado. 

Um abraço a todos e até a próxima edição!
Leia também:
Leia também:
Leia também: