25 ANOS DE SUCESSO, O ROTEIRO DA CIDADE!

Colunistas

Coluna: Fitness

23/03/2018
Seis regras para combater overtraining e amplificar a recuperação

Olá queridos leitores!
Vamos chegando à edição final da nossa série sobre overtraining. Espero que tenham compreendido e detectado a necessidade de estar atento aos sintomas, assim é possível evoluir com os treinos.

1 - Tire “férias” do treino
Se você tem treinado pesado, sem faltar há mais de seis meses, talvez esteja na hora de tirar uma semana de descanso completo do treino para recuperar músculos, articulações e mente. Você vai voltar treinando ainda mais pesado.

2 - Limite o estresse no dia a dia
Trabalho, estudo e relacionamentos podem ser estressantes. Tudo isso adicionado ao estresse gerado pelo próprio treino, definitivamente prejudicarão sua recuperação. Como é impossível evitar certos problemas, apenas procure não se estressar com coisas que você não tem controle. Seu corpo e mente agradecem.

3 - Durma o máximo possível
Dormir bastante é um luxo para poucos, mas independente de como sua rotina seja ocupada, dormir bem é vital para a recuperação. Se isto é um problema para você, tente dormir mais nos fins de semana e tire sonecas quando for possível.

4 - Limite outras atividades intensas

Qualquer atividade física exige esforço e recuperação do corpo. Se o principal objetivo é ganhar massa muscular, uma boa ideia é limitar outras atividades físicas intensas como lutas, corridas, natação e etc. Seguir vários objetivos ao mesmo tempo é a melhor maneira para obter resultados abaixo do esperado.

5 - Use um treino com histórico comprovado
A melhor forma para evitar overtraining é seguir um treino que já foi testado e você sabe que funciona.

6 - Tenha dias de descanso completo
Se você faz mais de uma atividade física, tente realizá-las no mesmo dia do treino (em horários afastados), para que seu corpo tenha dias de completo descanso.
Leia também:
Leia também:
Leia também: