25 ANOS DE SUCESSO, O ROTEIRO DA CIDADE!

Colunistas

Coluna: Fitness

06/10/2017
Treino feminino: desvendando alguns mitos sobre a musculação para mulheres

O universo da musculação em geral é confuso de compreender e quando se trata da parte feminina ele é ainda mais, pois as pessoas pensam que treinamento para mulheres é algo de outro mundo. Existem diversos pensamentos negativos que em vez de aproximá-las dos seus objetivos, apenas as afastam. A seguir, veja os quatro maiores mitos sobre treinamento feminino e como contorná-los gerando melhores resultados.

Mito 1: aeróbicos devem ser a principal ferramenta na queima de gordura
Muitas mulheres têm como principal objetivo a perda de peso, mas infelizmente pensam nos aeróbicos como principal – e, muitas vezes, a única – ferramenta para chegar lá. Aeróbicos comuns (ficar mofando por horas na esteira, bicicleta e elíptico), não são efetivos na queima de gordura. O treino com pesos e principalmente a dieta, terão muito mais influência em quanto peso você conseguirá perder.

Mito 2: mulheres não podem treinar pesado
Mulheres podem e devem treinar pesado. Primeiro, porque mulheres não têm testosterona suficiente para ficarem musculosas como elas pensam que vão ficar; Segundo, o treino pesado só traz benefícios para o corpo, independente do objetivo. Seja por aumentar a queima de calorias, diminuindo a flacidez ou aumentando massa muscular para corrigir assimetrias.

Mito 3: mulheres não podem suplementar como homens
Em conjunto ao segundo mito, muitas mulheres pensam que suplementos são produtos tão perigosos quanto os anabolizantes e que produzirão resultados semelhantes. Contudo, mulheres podem extrair os benefícios de uma boa suplementação assim como os homens e usá-los a seu favor para chegar com eficiência ao objetivo desejado.

Mito 4: tentar queimar gordura localizada
Seria ótimo se fosse possível queimar gordura de determinados lugares do corpo apenas fazendo exercícios “localizados”, mas infelizmente não é assim que as coisas funcionam. Quando queimamos gordura, esta “queima” ocorre de uma maneira geral e não em locais específicos, independente de quanto abdominal ou aulinhas especiais você faça. Quer queimar gordura de uma área específica? Primeiramente, foque na dieta e depois em baixar o percentual de gordura de uma forma geral até ver o resultado esperado na área desejada.

Queridas leitoras, espero que eu tenha esclarecido estes mitos que permanecem na cabeça de algumas pessoas, e que assim, vocês possam treinar com tranquilidade fazendo o que é certo. Aguardem a próxima edição, continuaremos falando sobre o treinamento para mulheres. Um grande abraço!
Leia também:
Leia também:
Leia também: