25 ANOS DE SUCESSO, O ROTEIRO DA CIDADE!

Colunistas

Coluna: Saúde dos olhos

21/07/2017
Lentes intraoculares: qual é a melhor?

Informe Publicitário

Qual lente escolher? Essa é a dúvida recorrente de quem vai operar catarata ou implantar uma lente intraocular. Hoje existem diferentes lentes para cada caso e para cada patologia.
Classicamente, as lentes foram desenvolvidas para devolver o foco da visão em uma distância fixa, normalmente ao longe (visão que usamos para ver T.V., dirigir, realizar a maioria das atividades físicas, enxergar letreiros nas ruas, etc.).
Com a necessidade cada vez maior da visão para leitura, surgiram as lentes bifocais, que dividem a luz em dois focos, possibilitando uma visão para perto - a média de 30cm - e para longe. O uso do computador criou uma nova necessidade: o desenvolvimento de uma lente trifocal, que dá um foco um pouco mais distante para leitura em um ponto intermediário (nem ao longe, nem tão perto quanto os 30 cm da leitura convencional).
Ainda existem outros tipos de lentes: as tóricas (que vieram para solucionar os graus de astigmatismo); lentes com filtro ultravioleta; lentes hidrofílicas e hidrofóbicas as lentes fácicas (usadas para quem tem altos graus de miopia e não podem realizar a cirurgia a laser, por exemplo), entre outras.
Dependendo do grau e do tipo de atividade de cada indivíduo, a lente intraocular deve ser correspondente a sua realidade e suas necessidades. Converse com um bom cirurgião oftalmológico, pois ele será capaz de indicar qual o melhor tratamento e qual a melhor lente para você.
Leia também:
Leia também:
Leia também: